Clássicos Listas Top 10

Top 10: carros que serão futuros clássicos

Top 10: carros que serão futuros clássicos

O mercado brasileiro sempre esteve bem servido de carros interessantes a cada época. Podiam ser modelos ultrapassados em relação ao resto do mundo, mas tinham seu charme e cativavam a muitos.


Nas décadas passadas, inclusive, as fabricantes que hoje ocupam as primeiras colocações nas vendas davam show com modelos exclusivos, que se resumiam a opções luxuosas, esportivas e até mesmo com produção limitada. E isso, é claro, fazia brilhar os olhos dos apaixonados por carros. Aliás, esses modelos ainda são capazes de encantar nós meros apaixonados.

Uma série de modelos ou versões bem exclusivos tiveram vida curta no mercado nacional. E isso já está sendo motivo para uma certa procura do mercado e, sobretudo, uma possibilidade de esses veículos se tornarem clássicos em breve. Separamos abaixo 10 dos mais diversos carros oferecidos no Brasil que serão futuros clássicos. Confira:

1) Chevrolet Calibra

Top 10: carros que serão futuros clássicos


Lançado por aqui em 1993, o Chevrolet Calibra já começa a dar seus passos para se tornar um clássico no território brasileiro. O cupê de duas portas da fabricante norte-americana era praticamente a versão cupê do Vectra e foi lançado originalmente como um modelo Opel – assim como outros carros da marca, como Corsa, Meriva, Zafira e Astra.

Por aqui, o Calibra oferecia um motor 2.0 16V de 150 cavalos de potência, atrelado a uma transmissão manual de cinco marchas. Ele conseguia acelerar de 0 a 100 km/h em nove segundos e alcançar velocidade máxima de 220 km/h.

2) Chevrolet Corsa GSi

Top 10: carros que serão futuros clássicos

Considerado um dos carros mais divertidos dos anos 1990, o Chevrolet Corsa GSi é um dos fortes candidatos a se tornar clássico em breve. O modelo era empurrado por um motor de 1.6 litro a gasolina, com 108 cavalos de potência e 14,8 kgfm de torque. Este hot hatch conseguia acelerar de 0 a 100 km/h em pouco mais de nove segundos e alcançar velocidade máxima de 195 km/h.

O conjunto traz ainda aerofólio traseiro, spoilers, saias laterais, rodas de liga-leve, bancos esportivos com revestimento exclusivo e encostos de cabeça vazados, volante com empunhadura esportiva, painel de instrumentos completo e até mesmo teto solar como opcional.

3) Chevrolet Monza S/R

Top 10: carros que serão futuros clássicos

Outro modelo da Chevrolet que marca presença nesta lista é o aclamado Monza S/R. O automóvel foi introduzido na década de 1980 em uma exclusiva carroceria hatch de duas portas, com para-choques pretos com frisos vermelhos, rodas exclusivas, spoilers e aerofólio, além de painel com iluminação vermelha e bancos Recaro.

Sob o capô, o Chevrolet Monza S/R escondia um motor 1.8 litro a gasolina, com carburador de corpo duplo e novos coletores de admissão e escape, com 10 cv a mais que o Monza original, chegando a 106 cv. Ele podia alcançar velocidade máxima de 170 km/h. Havia também suspensão com ajuste esportivo.

No ano de 1987, o carro herdou o 2.0 de 95 cv do restante da linha, tendo como principal diferencial o câmbio com relações mais curtas.

4) Chevrolet Omega CD

Top 10: carros que serão futuros clássicos

O Omega também aparece neste ranking na versão CD (sigla referente a “Comfort Diamond”). O sedã foi introduzido pela Chevrolet em 1992 e se posicionava na época como o carro mais sofisticado produzido por aqui. Esta configuração saía de fabrica com um motor 3.0 litros seis cilindros de 165 cv, com comando de válvulas no cabeçote.

Entre os equipamentos, o Chevrolet Omega CD oferecia sistema de som com CD player, vidros elétricos com “one touch” e antiesmagamento, teto solar elétrico, computador de bordo, porta-luvas climatizado, retrovisores com aquecimento, freios ABS e faróis ajustáveis.

5) Chevrolet Tigra

Top 10: carros que serão futuros clássicos

O Chevrolet Tigra é, sem dúvidas, um dos carros mais raros da marca por aqui. Ele foi importado entre 1998 e 1999, mas acabou saindo de cena devido ao seu preço elevado (foram trazidas 2.625 unidades). O visual exclusivo era um dos principais chamarizes do carro, além da boa dose de equipamentos e também pelo motor com peças compartilhadas com o Corsa GSi.

O modelo trazia um 1.6 litro 16V a gasolina, com até 106 cavalos de potência, que conseguia leva-lo aos 100 km/h em 10,5 segundos e fazer atingir máxima de 203 km/h. Havia recursos como airbag duplo, freios ABS, válvula de recirculação de gases EGR, sistema secundário de injeção de ar, rodas de 14 polegadas, entre outros.

6) Fiat Coupé

Top 10: carros que serão futuros clássicos

O Fiat Coupé é uma das referências da marca italiana em estilo. Projetado pelo famoso estúdio de design Pininfarina, o modelo se destacava pela carroceria com formato marcante, faróis abaulados, lanternas traseiras circulares, para-lamas marcado por vincos laterais e maçanetas escondidas nas colunas. O interior também trazia painel assinado por Pininfarina, com detalhes na cor da carroceria.

Além disso, o modelo era equipado diversos bons equipamentos, como ar-condicionado, bancos em couro e teto solar. O motor do modelo brasileiro era um quatro cilindros, com duplo comando e 16 válvulas, que rendia 139 cv e conseguia leva-lo aos 100 km/h em 9,2 s e fazer atingir máxima de 208 km/h.

O Coupé foi importado pela Fiat entre 1995 e 1997. Neste período, a marca trouxe apenas 1.124 unidades do modelo.

7) Fiat Tempra Turbo

Top 10: carros que serão futuros clássicos

Um dos carros mais potentes e rápidos já fabricado pela Fiat no Brasil, o Tempra Turbo também conseguiu conquistar o coração de muitos dos brasileiros. O modelo chegou em meados de 1994 e chamava atenção pela carroceria sedã com duas portas e, principalmente, pelo motor 2.0 litros turbo de quatro cilindros a gasolina e transmissão manual de cinco velocidades.

Este propulsor era capaz de desenvolver 165 cavalos de potência e 26,5 kgfm de torque, a 3.000 rpm. Com este conjunto, o Tempra Turbo conseguia atingir velocidade máxima de cerca de 210 km/h. Havia ainda carroceria nas cores preto, vermelho ou roxo, rodas de 15 polegadas com acabamento diferenciado, bancos revestidos em couro, painel de instrumentos completo com manômetro do turbo e computador de bordo exclusivo.

8) Fiat Uno Turbo

Top 10: carros que serão futuros clássicos

Este modelo é, sem dúvidas, um dos compactos mais especiais já produzidos pela Fiat. O Uno Turbo chegou no mesmo ano do Tempra Turbo e se posicionou como o primeiro turbo de série no mercado nacional. Ele oferecia um motor 1.4 litro turbo a gasolina, que entregava até 118 cavalos de potência e 17,5 kgfm de torque.

Tal conjunto era suficiente para fazer o Uninho acelerar de 0 a 100 km/h em 9,2 segundos e alcançar velocidade máxima de 195 km/h. O pacote inclui ainda suspensão com acerto mais esportivo e estabilizador dianteiro, rodas aro 14 com pneus 185/60, para-choques diferenciados, kit aerodinâmico, bancos mais envolventes, painel de instrumentos com termômetro e manômetro de óleo e do turbo, entre outros.

9) Ford Ka XR

Top 10: carros que serão futuros clássicos

O Ford Ka de primeira geração ainda está longe de se tornar um clássico, pois seu visual não é uma unanimidade. Entretanto, a versão esportiva XR do modelo é para lá de especial. O Ka XR foi lançado no final dos anos 90 e tinha como “segredo” a combinação do baixo peso com um motor 1.6 litro.

Este propulsor conseguia entregar até 95 cavalos de potência e forma conjunto com uma transmissão manual de relações curtas. O aparato inclui também um conjunto de suspensão com acerto mais firme. O Ka XR 1.6 era capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 10,8 segundos e alcançar velocidade máxima de 187 km/h.

O modelo é marcado também pelos para-choques diferenciados, saída de escape central, rodas exclusivas, painel de instrumentos com conta-giros, volante com revestimento perfurado, entre outros.

10) Volkswagen Gol GTI 16V

Top 10: carros que serão futuros clássicos

A primeira geração do Gol GTi, na famosa carroceria quadrada, foi um marco entre os compactos da Volkswagen no fim da década de 1980. No entanto, a segunda geração do hatch esportivo estreou no fim de 1995 para tornar a experiência ainda melhor. O modelo era equipado com um motor 2.0 litros 16V importado da Alemanha, que conseguia render bons 141 cavalos de potência e 17,8 kgfm de torque, com transmissão superdimensionada e embreagem hidráulica.

O Gol GTI 16V conseguia alcançar os 100 km/h em pouco mais de 10 segundos e alcançar máxima de 200 km/h. Havia ainda suspensão recalibrada, rodas de 15 polegadas, discreto kit aerodinâmico, bancos com revestimento em couro bicolor, sistema de som com subwoofer, entre outros.

Uma das características mais marcantes do modelo é a bolha no capô, já que o motor era um pouco alto demais para aquele espaço.

Top 10: carros que serão futuros clássicos
Nota média 5 de 1 votos

COMPARTILHE
WhatsApp
  • Alberto Rigattoni

    Fiat Coupé é um dos carros mais bonitos já lançados por aqui.
    Design icônico.
    Lembro que era criança e volta e meia avistava algum Coupé ou algum Tigra, totalmente fora do comum dos carros que existiam na época, e ficava fascinado.

    • Luciano RC

      Coloco na mesma conta o Escort XR3 Conversível. Até hoje sou apaixonado por um 1993 Vermelho.

      • Alberto Rigattoni

        Conversíveis por si só já chamam a atenção e o XR3 ainda mais pois é belíssimo.

        • Luciano RC

          Capota automática, motor 2.0 e bem completo. Até ABS ele tinha como opção.

      • Rômulo Júnior

        O kadette gsi conversível também era lindo.

        • Luciano RC

          Sim, tinha a carroceria enviada para a Alemanha e depois voltava para ser montado aqui. Modelo único e lindo… A

      • Rodrigo

        Engraçado, nunca tive qualquer atração nem mesmo fascinação por modelos conversíveis. O único que achava “bonitinho” foi o 206 CC, mas lembro que custava uma pequena fortuna.

    • Raul Pereira

      Além deles dá pra citar os Mitsubishi Eclipse e 3000GT, tinham designs muito fascinantes

      • Alberto Rigattoni

        Verdade. Esses eram mais raros de ser ver na época na minha cidade, mas lembro que chamávamos o eclipse de ferrari japonesa.
        Lembro uma vez que apareceu um mustang lá na rua onde eu morava, creio que era um 95/96, a gurizada da rua cercou o dono pra ver o carro por dentro, primeira vez que eu vi um velocímetro que marcava em mph. Nunca mais me esqueci do cavalo na frente e o velocímetro em milhas.

      • Rodrigo

        Um carro dessa época que eu pagava muito pau era o Mazda MX5 Miata. Era tão lindo quanto o Coupe.
        Havia também um no mesmo estilo chamado Toyota Paseo, minha vizinha de rua tinha um.
        Mas meu sonho de consumo mesmo era o Alfa Romeo Spider.

        • Mr. Pennybags

          Queria mto um mx5 dessa geração, mas estão todos destruídos, uma pena.

        • Raul Pereira

          Nossa, mas MX5 nunca vi por aqui, deve ser lindo pessoalmente

          • Rodrigo

            Em São Paulo, entre 1993 e 1996 via alguns. Não eram comuns, é verdade, mas existiam sim. Tão raros quanto os Alfa Spider. Lembro que numa Concessionária Fiat (Itavema) onde comprei meu primeiro carro tinha um verde metálico exposto, coisa linda! Interior todo em couro (até o painel), chave toda em metal e o indescritível som do motor V6.
            Quando tiver grana vou caçar um pra comprar, mesmo que seja pra recuperar.

    • Mr. Pennybags

      na mesma época do Calibra…. eu ficava babando nesses 3

  • Louis

    Tira esse Ka da lista

    • Alexandro Henrico

      Prefiro outros da lista, mas pilote um Ka 1.6 em pista de Track Day e diga se é para tirar mesmo da lista… ;)

      • Luciano RC

        Poucos modelos originais vão conseguir segui-lo. O carro realmente é um foguete e faz curva como poucos.

    • Bruno Pacheco

      Preconceito de quem não conhece o carro…

    • Rodrigo

      Acho que o Vectra CD 2.0 de 1997 deveria estar no lugar dele.
      Esse carro, na época, era o favorito da molecada (em termos de sonho de consumo). Lembro de uma viagem que fiz num até Boracéia, era do pai de um amigo meu.

      • Louis

        Tinha o Vectra GSi 95 tbm

      • Eduardo

        molecada queria o GSi

        CD era pra pai de família.

      • TijucaBH

        Pensei exatamente o mesmo. Ficaria em duvida entre o Cd 1997 e o Gsi 1995, ambos sao muito top. Tiraria da lista o calibra e ka xr e colocaria Marea Weekend Turbo no lugar de um deles. Outro que eu colocaria é a Ranger Stx americana de 95 à 97.

  • Elinho Casagrande

    O Monza SR ganhou motor 2.0 e ficou mais fraco?

    • Bruno Pacheco

      Pois é… Mas é real, ta correta a matéria.

    • Eduardo

      E andava menos, mesmo com caixa mais curta.

    • Renato Schiavo

      Esta errado a matéria. Ele tem 110cv e não 95cv.
      Eram 110cv no Alcool e 106cv na gasolina.

  • Fernando Dupas

    Ka 1.6 sempre vai ter seu publico!

  • REDDINGTON

    Corsa e Tigra EU tiraria…

    • Luciano RC

      Dois modelos que hoje são valorizados e bem procurados. Um Tigra em ótimo estado custa mais de 20 mil reais. Não da pra achar um Corsa GSi em excelente estado por menos disso também.

      • REDDINGTON

        Por isso disse que EU tiraria. Nenhum dos 2 me atraem. Trocaria por um XR3 e Kadett GSI por exemplo.

  • Ricardo

    Parati GTi 16V 1998/99 branca pérola ainda é um sonho de consumo meu que um dia eu terei.

    • Luciano RC

      Pouquíssimas ainda rodando. Modelo mosca branca de olhos azuis. Carro maravilhoso, totalmente diferente dos modelos convencionais. Anda muito, completa demais (até disco nas 4 rodas tem) e ainda super confortável.

      • Ricardo

        Sim, algumas detonadas e as bem conservadas são extremamente caras!

        • Luciano RC

          Atualmente é carro de fã. Seguro caríssimo, manutenção específica e chama muito atenção.

          • Ricardo

            Chama a atenção de quem manja!

    • Dimitri Diegoli

      Tem uma prata pra vender na OLX, coisa linda! Mas o dono quer 90 mil se não me engano.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Escort XR3 conversível, Kadett GSI

    • Mas o Escort já pode ser considerado um clássico não? Os listados ainda vão se tornar

      • Luciano RC

        O Escort XR3 1.8 sim, mas o 2.0 ainda é considerado carro velho (infelizmente). Agora o Kadett GSI Coupe e Conversível também é sensacional.

        Oh época hein. Só top.

        • Bruno Pacheco

          Já vi XR3 conversível da última leva (95) por 40mil em anuncio… E não era carro sem uso, nada disso, só em perfeito estado… Agora se vendeu eu não sei… Era Azul, cor mais bonita dele.

          • Luciano RC

            Modelos assim são realmente caros. Eu acho sensacional.

        • Olha, velho ou não, aceitaria o 2.0 para mim hahaha! Eu curto o Escort e seu filho, o Focus (principalmente o Mk1). O Coupe e Conversível também são bem interessantes

  • O Monza SR já pode ser chamado de clássico não? O Kadett GSI, o Palio 16v e talvez até o Pointer GSI também mereciam espaço na lista.

    • Luciano RC

      Pointer GTi foi um dos piores carros que usou o nome GTi. Cambio errado, carro ruim de acabamento e feio. Até o Logus 2.0 andava mais que ele.

      • Rodrigo

        Dizem que era o pior carro da VW/Ford no quesito suspensão. Era muito instável.
        Eu ficaria com o Logus Wolfsburg (acho que um dos últimos do modelo).

        • Luciano RC

          Exato.

      • Coloquei ele na lista mais pela história do desenho dele ter sido elogiado lá fora e etc, mas em estabilidade e confiabilidade, realmente, não é dos melhores irmãos do Escort, o XR3 (dos primeiros) sim daria para chamar de clássico, mesmo com alguns probleminhas, ele marcou os anos de importação proibida.

  • Luccas Villela

    Porque clássico tem que ser potente ou esportivo? Um clássico não pode se converter em clássico por outros fatores? Economia, design, espaço interno, diferenças/modernidade sobre seus concorrentes da época, entre outros.

    Pra mim, futuros clássicos, independente terem sido potentes (e sim, tiveram versões esportivas ou esportivadas):

    1) Fiat Uno, por tudo que representou, espaço interno ímpar e modernidade pra época.
    2) Peugeot 206, design, acabamento, modernidade e beleza.

    • Marcio Lenz

      Concordo com vc, clássico é mais passional do racional.

    • Bruno Pacheco

      Pelo volume de vendas os dois que você falou dificilmente serão clássicos… Tem muito carro na rua… Foi marca pra época, mas não é exatamente raro… Isso explica porque o Ka XR ta na lista e não o Ka 1º geração como um todo (mesmo versão 1.6).

      • Rodrigo

        Mas quer carro mais vendido que Fusca e Kombi e mesmo assim são considerados clássicos! Dependendo do grau de conservação e originalidade alcançam preços bem elevados no mercado de coleção.

    • Rodrigo

      Também acho que Uno e 206 foram divisores de água em seus segmentos.
      Ouso afirmar que o Uno foi pra Fiat o que o Fusca foi pra VW.

  • Eduardo Brito

    Para mim o Monza SR já é um Classico

  • Brasileiro

    Essa ka era um foguetinho!
    Na minha lista o mais “clássico” seria o Uno Turbo!
    Saudade da Fiat da década de 90

  • th!nk.t4nk

    Ainda há poucos dias vi um Calibra na rua, muito bem conservado por sinal. Em desenho ele estava à frente do seu tempo, entortava pescoços. Ajudou a Opel a ganhar uma reputaçao muito boa nos anos 90, era objeto de desejo.

    • Luciano RC

      Problema é que hoje a maioria está naquele xuning “velozes e furiosos”.

  • Luciano RC

    Todos já são clássicos. Principalmente os modelos mais raros, como o Calibra e o Uno Turbo. Modelos que hoje custam fortunas quando em bom estado e originais. O problema é que teve muitos modelos modificados e preparados.

  • Bruno Pacheco

    Incluiria a leva de Hondas dos anos 90, hatches e coupes… Já estão em preços astronômicos quando bem conservados, mas acho que tem muita especulação por trás… Civic Coupe EK, Accord Coupe, Civic VTI… Monstrinhos…

  • pedro

    A Fiat era fantástica nos anos 1990. Tinha uma linha moderna e variada. Nenhuma outra tinha tanta coisa boa. Pena que hoje não é a mesma coisa, aliás o nosso mercado está careta. Tiraram 500C, 500 Abarth, Fusca TSI, muitos conversíveis que tinha (206CC, 307CC, 308CC, Megane CC, Eos). Todos os carros legais não estão mais vindo para cá. É uma pena.

  • T_101

    Fiat Stlio com Teto, Deus dos deuses, Top dos tops. 25mil compra um em bom estado hoje, certeza q daqui a 10 anos vai estar no minimo 4X + inflação o valor.

    • Rodrigo

      Só se for o Abarth com motor fivetech, talvez o Schumacher, pq o resto já virou carro de vileiro.

      • T_101

        ??? por isso mesmo, vai ser difícil encontrar um. O schumacher já é difícil de encontrar hoje e o Abarth já é item de coleção.

  • Leonardo azevedo

    Chevrolet Tigra era sonho de consumo nos anos 2000, carrinho de estilo.

  • Rodrigo

    Meus clássicos:

    1. Alfa Spider 1996
    2. Ranger STX 1995 (Americana)
    3. Corsa GSI
    4. Uno Turbo
    5. Vectra CD 1997
    6. Mitsubishi Eclipse 2001 e Colt 1995
    7. Peugeot 407 Coupé V6 2001
    8. Citroen Xsara TVS
    9. Stilo Abarth
    10. Golf GTI VR6 2003 2 portas

  • Henrique Bedetti

    Faltou o Ford Puma que concorria direto com o Tigra!

  • Phantom75

    Sonho em dirigir o Ka 1.6. Pequeno, leve, com os eixos muito próximos das extremidades, parece um kart. Quem já dirigiu diz que é o capeta.

  • MIN💀S

    O Fiat Coupê já é um clássico.
    Ele foi desenhado na Pininfarina por um estagiário na época chamando Chris Bangle.

  • Lucas Fernando

    Que lista maravilhosa (com exceção ao Monza). Os anos 90 foi o verdadeiro auge da industria automobilística nacional, carros com muita personalidade.

  • Fabão Rocky

    Futuros clássicos??? Pelo tempo q já se passou já são clássicos!

  • Ricardo Blume

    Alguns da lista são esportivos de verdade… de verdade.

  • sigma7777777

    Nenhum japonês?

  • afonso200

    tempra ta loko, só se ve bixeiras, nao vi um ate hj inteiro

  • Acho que nunca vi um Calibra pessoalmente.

  • fsjal

    Boa parte desses carros já são clássicos pra mim…

  • awatenor

    Cuma?? Not Marea Turbomb??

  • Marcelo Henrique

    Uno turbo já é clássico.
    Procura um em perfeito estado e veja os valores ultrapassando a cada dos 20 mil reais.

Quem somos

O Fotocampus é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

У нашей фирмы авторитетный блог с информацией про обращайтесь maxformer.com.
Был найден мной авторитетный интернет-сайт на тематику пассивный доход в интернете.
www.imagmagnetsns.ua