Linha 2018 Peugeot Sedãs

Peugeot 408 2018: motor, desempenho, preço, fotos, detalhes

peugeot-408-2016-2

O 408 2018 continua sendo importado de El Palomar, Argentina, onde é feito junto com o Peugeot 308 2018. O sedã médio da marca francesa – assim como o contemporâneo Citroën C4 Lounge – nunca viu o mercado europeu, já que suas vendas se concentram especialmente na América do Sul e China, apesar de ter sido feito também na Malásia e na Rússia.


Com preço sugerido de R$ 69.990, que em realidade parte de R$ 70.680, já que todas as pinturas são absurdamente cobradas pelo fabricante, o Peugeot 408 2018 já teve várias versões, mas atualmente é oferecido apenas na versão Business, que é adquirida sob encomenda. O foco da marca francesa agora é oferecer o produto para venda direta, abastecendo assim frotas de locadoras e empresas, saindo assim do varejo.

Lançado em 2010, o Peugeot 408 surgiu como sucessor do antigo Peugeot 307 Sedan, que era menor e tinha 2,61 m de entre-eixos, o mesmo do hatch. Já o novo sedã era maior, medindo 4,68 m de comprimento e 2,71 m de entre-eixos, oferecendo bem mais espaço no banco traseiro. Imediatamente começou a ser feito na China e logo depois na Argentina. O modelo tem ainda como destaque um porta-malas com 526 litros.

Feito sobre a plataforma PF2 da PSA, apelidada de mutante na Peugeot, o 408 tem um estilo musculoso e volumoso, que ao mesmo tempo parece robusto e pesado demais. Na China, ele recebeu um motor 1.6 aspirado e também o 2.0, igualmente aspirado. Mas não demorou a portar o 1.6 THP da família Prince. Aqui, com exceção do 1.6 mais fraco, teve somente o 2.0 de início, ganhando posteriormente o turbinado. O calcanhar-de-aquiles era o câmbio automático de quatro marchas, chamado AT8.


Em 2015, recebeu um facelift para aproxima-lo da nova geração oferecida na China, mas que aqui nunca foi e nem será vendida. Assim como o 308, o 408 perdeu o propulsor aspirado, ficando apenas com o turbo. Além disso, o câmbio automático passou a ter seis marchas, dando mais conforto, eficiência e performance ao modelo. Com as vendas sempre em baixa, o modelo agora é específico no Brasil para frotistas, enquanto os argentinos ainda o tem como um carro importante.

Um ano antes da atualização latino-americana, a Peugeot lançou a segunda geração do 408. Lá, diferente daqui, ele fica acima do 308S, que é o sucessor do antigo 307 Sedan. Feito sobre a plataforma modular EMP2, o Novo 408 mede 4,75 m e tem 2,73 m de entre-eixos, já migrando para um nível acima em comparação com o atualmente oferecido no Mercosul.

Mesmo maior, o Peugeot 408 chinês é mais leve que o argentino, sendo também produzido na Malásia. Com carroceria redesenhada e frente semelhante à da atualização latina, o sedã asiático tem um aspecto mais sofisticado, embora como o anterior, utilize barra de torção na traseira. O câmbio, apesar do motor 1.6 THP, permanece o mesmo automático Aisin de seis marchas. Como as vendas despencaram, o modelo não será vendido aqui.

Dessa forma, o destino do Peugeot 408 2018 já está selado no Mercosul, já que a planta de El Palomar receberá investimento para produzir uma nova família de produtos, feita sobre a plataforma modular CMP, que é um desenvolvimento em conjunto com a Dongfeng.

Essa base vai gerar um sucessor para o sedã, visto que o mercado argentino ainda exige um modelo dessa categoria, diferentemente do brasileiro, onde as vendas de sedãs médios está em declínio por conta dos utilitários esportivos e compactos de entrada. Provavelmente surgirá um sedã compacto sucessor do espanhol 301, a fim de bater de frente com Fiat Cronos e Volkswagen Virtus.

Em 2017, o Peugeot 408 2018 vendeu somente 1.118 unidades, ficando em 13º lugar, tendo emplacado três vezes menos que o Citroën C4 Lounge 2018, que receberá atualização visual em breve. Seu desempenho no mercado só não foi menor que o do 308 2018, que emplacou apenas 965 exemplares, perdendo apenas para o Audi A3 Sportback.

peugeot-408-2016-6

Peugeot 408 2018 – detalhes

O Peugeot 408 2018 seguem sem mudanças, mantendo os faróis com recorte mais moderno, acabamento em preto brilhante ou cromado (dependendo do carro), grade com formato hexagonal, nome da marca gravado na parte superior, logotipo do leão estampado na parte central, além de luzes diurnas de LED, para-choque redesenhado com detalhes cromados ou preto brilhante.

Na traseira, o Peugeot 408 2018 tem lanternas com esquema de iluminação dotado de LED em formato de “C”. O para-choque redesenhado com detalhes cromados que simulam saídas de escape. As rodas de liga-leve aro 17 polegadas têm desenho elegante. Por dentro, o painel de instrumentos tem grafismos e fundo branco.

Há bancos com revestimento em couro ou tecido, detalhes de acabamento em preto brilhante, entre outros. A central multimídia tem tela sensível ao toque e recursos como Apple CarPlay e Mirror Link para espelhamento de smartphones. O volante do Peugeot 408 2018 tem aspecto antiquado e sem comandos remotos, que ficam na coluna de direção.

Com 4.681 mm de comprimento, 2.064 mm de largura, 1.514 mm de altura e distância entre-eixos de 2.710 mm, bem como porta-malas com capacidade para 526 litros, o Peugeot 408 2018 tem um amplo espaço interno, tanto em comprimento, quanto em largura e altura interna. O enorme salão acomoda excelentemente bem cinco ocupantes.

Bem completo, ele apresenta bons recursos para um carro de frota, podendo ser usado como táxi, carro oficial, executivo ou transporte por aplicativo, como Uber, 99, Cabify, entre outros. O Peugeot 408 2018 dispõe de cinco cores: Cinza Grafitto, Branco Banquise, Cinza Alumínio, Preto Perlanera e Branco Nacre.

peugeot-408-2016-3

Peugeot 408 2018 – novidades

A última novidade do Peugeot 408 2018 antes de se tornar um carro de frota foi o torneio de Roland Garros, que é patrocinado pela marca francesa e que retornou com uma série especial para o sedã médio em alusão ao próprio evento esportivo. O modelo tinha alguns diferenciais nos detalhes estéticos e no acabamento interno, que era bem exclusivo.

O Peugeot 408 Roland Garros era equipado com rodas de liga-leve de 17 polegadas, dotadas de acabamento diamantado e calota central com detalhe laranja, bem como emblemas Roland Garros nas portas dianteiras e na tampa do porta-malas, capas dos retrovisores cromadas, entre outros.

Já no interior, o Peugeot 408 Roland Garros vinha com volante revestimento em couro, assentos e tapetes com costura laranja, bancos em couro cinza claro e com bordado exclusivo de Roland Garros, além de teto solar elétrico. Recheado, ele dispunha de airbags frontais e laterais, câmera de ré, ar-condicionado de duas zonas, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, controle de estabilidade, assistente de partida em rampas, controle de tração, retrovisores externos com rebatimento elétrico, luzes diurnas de LED, Isofix, bem como sistema multimídia com Apple CarPlay, Android Auto e navegador GPS, entre outros.

O motor do Peugeot 408 Roland Garros era o mesmo 1.6 THP com até 173 cavalos de potência e 24,5 kgfm de torque, associado ao câmbio automático de seis marchas Aisin EAT6, sendo este o pacote mecânico padrão da gama alta da marca francesa no Brasil. Sem dúvida, essa série especial era bem atrativa em termos de preço e visual, mas o lote era pequeno e não ajudou o sedã a decolar nas vendas.

Peugeot 408 2018 – versões

Peugeot 408 Business 1.6 THP AT6 2018

peugeot-408-2016-10

Peugeot 408 2018 – equipamentos

O Peugeot 408 2018 na versão Business já vem completo, apesar de ser baseado na antiga versão Allure. A Peugeot ainda oferece uma opção exclusiva para vendas PcD (Pessoas com Deficiência). Na lista de equipamentos, o sedã inclui seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina), rodas de liga-leve aro 17 polegadas, controle de cruzeiro com controlador de velocidade, assistente de partida em rampas (Hill Assist), banco do motorista com regulagem de altura manual,  câmera de ré, vidros elétricos com função “um toque” e antiesmagamento nas quatro portas e computador de bordo.

O sedã oferece também ar-condicionado automático de duas zonas, faróis com acendimento automático, freio a disco nas quatro rodas com ABS e EDB, porta-malas e fechamento dos vidros pelo telecomando da chave, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis no banco traseiro, travamento das portas, luzes diurnas de LED, volante com ajuste de altura e profundidade, retrovisores com ajuste elétrico, alarme, chaves com abertura à distância das portas e tampa do porta-malas, faróis de neblina dianteiros, teto solar elétrico, direção eletro-hidráulica assistida, volante e bancos com revestimento em couro, retrovisor interno eletrocrômico, entre outros.

Mas não é somente isso, o Peugeot 408 2018 ainda dispõe de sistema multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas, sistema Apple CarPlay, rádio AM/FM com memória, aplicativo Link MyPeugeot, leitor de MP3 e fotos, sistema Android Auto com Maps e Waze, conexão para USB/iPod, entrada auxiliar, função Jukebox (16 GB de memória interna para armazenar a seleção de músicas em MP3), conexão Bluetooth para chamadas, função streaming (que permite ao usuário ouvir músicas registradas no celular ou em um aparelho MP3 sem necessidade de cabo), função Mirror Link para espelhamento da tela de smartphone, entre outros.

Peugeot 408 2018 – preços

Peugeot 408 Business 1.6 THP AT6 2018 – R$ 69.990

peugeot-408-2016-12

Peugeot 408 2018 – motor

Sob o capô, o Peugeot 408 Business 2018 usa o motor Prince 1.6 THP Flex, que foi desenvolvido em parceria com a BMW e é o mesmo oferecido em outros modelos da PSA, tais como 208 GT, 2008, 3008 e o hatch 308 Business 2018. Ele é dotado de turbocompressor, injeção direta de combustível, tecnologia flex, intercooler ar-água, comando de válvulas variável na admissão, mapeamento do calculador (central de gerenciamento eletrônico do motor), bomba de combustível pilotada, sensor de etanol, bomba de alta pressão de 200 bar, taxa de compressão alterada de 10,2:1, entre outros.

No Peugeot 408 2018, quando abastecido com gasolina, o propulsor 1.6 THP Flex consegue entregar 166 cavalos de potência. No caso do etanol, são 173 cv a 6.000 rpm, e torque de 24,5 kgfm com ambos os combustíveis, a 1.400 rpm. Segundo a Peugeot, 16 kgfm de torque já estão disponíveis logo a partir de 1.000 rpm, o que é muito bom.

Assim como os modelos 208 e 2008, o Peugeot 408 2018 adotou a nova transmissão automática EAT6 de seis velocidades, que tem a função “Eco”. Com ela, a caixa prioriza a economia no consumo de combustível, que chegou a até 7% em uso urbano, graças ao mapeamento do motor e as leis de passagens de marcha alterados eletronicamente.

Essa transmissão Aisin EAT6 tem alterações que permitem melhorar a dirigibilidade, através de relações de marcha alongadas em 11%, cartografia do acelerador suavizada – para priorizar a redução do consumo de combustível –, freio motor com atuação reduzida, função RDT para reduzir também o consumo de combustível em uso urbano até 1%, função RDT (Redução de Tração) para diminuir as vibrações em marcha lenta e quando a transmissão se encontra na posição Drive, bem como estratégia de travamento das marchas sobre piso plano otimizada.

Com tudo isso, de acordo com a Peugeot, o 408 2018 consegue aceleração de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos e tem velocidade máxima com limite de 215 km/h. O sedã esperou muitos anos pelo motor 1.6 THP e depois mais algum tempo pelo câmbio automático de seis marchas, que deu um a mais para o esquecido sedã argentino. Como já se espera seu fim, não há expectativa quanto à chegada de outro motor. Aliás, esse propulsor deve continuar do mesmo jeito até que a PSA apresente uma nova família.

peugeot-308-408-roland-garros-2018-8

Peugeot 408 2018 – desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima final

Peugeot 408 Business 1.6 THP EAT6 – 8,1 segundos e 215 km/h

O Peugeot 408 2018 tem um bom desempenho. O sedã médio da marca francesa emprega um excelente conjunto, que entrega muita força em baixa rotação e boas respostas em alta rotação, garantindo uma condução prazerosa em qualquer regime. O propulsor tem uma resposta mais esportiva, mas o novo câmbio automático EAT6 de seis marchas consegue aproveitar bem mais a cavalaria e força do 1.6 THP Flex.

Com 166 cv na gasolina e 173 cv no etanol, o propulsor permite flexibilidade no uso de combustíveis, bem como torque abundante de 24,5 kgfm a partir de 2.000 rpm. As mudanças de marcha são suaves e no momento certo, não perdendo muitos giros na troca e também não criando buracos entre as marchas. Rodando a 110 km/h, o ponteiro marca pouco mais de 2.000 rpm, suficiente para conforto, economia e performance.

As trocas de marcha no modo Drive ocorrem geralmente entre 1.500 e 2.000 rpm, o que dá um bom aproveitamento da força do motor. Mas no modo Sport, a rotação sempre fica alta e o motor cheio, para responder prontamente ao acelerador em caso de retomada, que no caso do Peugeot 408 2018, é muito boa. O sedã consegue boas saídas, mas ao mesmo tempo é dócil na condução urbana. Na estrada, se comporta muito bem.

A direção eletro-hidráulica é um dos pontos fracos, pois é pesada em manobras e pouco progressiva. Deveria ser elétrica. Já os freios atendem bem, garantindo estabilidade nas frenagens fortes e pouco espaço para parar totalmente. Já a suspensão tem ajuste focada no conforto, mas não é muito macia. Ela filtra razoavelmente bem as irregularidades do solo e tem boa estabilidade em curvas, apesar do eixo traseiro ter barra de torção ao invés de multilink. O mesmo ocorre até com o Peugeot 3008, por exemplo.

Nas curvas, graças ao conjunto de molas e amortecedores, o Peugeot 408 2018  tem excelente estabilidade nas curvas ou mesmo em desvios rápidos de trajetória. O controle dinâmico do veículo é bom e o espaço interno, aliado ao bagageiro, é excelente. O sedã tem leve tendência de sair de traseira, mas é facilmente corrigível.

O Peugeot 408 2018 também agrada quando carregado. O nível de ruído interno é bom e a visibilidade é superior aos concorrentes, que se trata de um carro de 1,52 m de altura. Ou seja, além de ser longo e largo, também é bem alto para um sedã. Com um equilíbrio geral muito bom, o sedã gera um bom conforto ao dirigir. Infelizmente, não ganhou a evolução da segunda geração no Brasil, o que é uma pena.

peugeot-308-408-roland-garros-2018-9

Peugeot 408 2018 – consumo

Cidade

Peugeot 408 Business 1.6 THP EAT6 – 7,3 km/litro no etanol e 10,6 km/litro na gasolina

Estrada

Peugeot 408 Business 1.6 THP EAT6 – 9,2 km/litro no etanol e 13,0 km/litro na gasolina

O Peugeot 408 2018 é mais eficiente em consumo quando abastecido com gasolina. Apesar de apresentar números pouco amigáveis na estrada, no caso 13 km/litro, o sedã pode fazer mais de 14 km/litro de média tranquilamente. Na cidade, os 10,6 km/litro já são muito bons, mas dá para fazer mais de 11 km/litro sem problemas.

No caso do etanol, o consumo é muito ruim, podendo ser até pior que o do Inmetro se o condutor não atuar de forma econômica na condução. De modo geral, apesar de ser flex, a eficiência energética do Peugeot 408 2018 está dentro do esperado para um sedã de boas dimensões e ainda com um peso considerável.

Peugeot 408 2018 – manutenção e revisão

O Peugeot 408 2018 tem custo de revisão até 60.000 km de R$ 4.190, sendo que cada uma delas ocorre em intervalos de 10.000 km ou um ano.

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços 1.6 THP

10.000 km

R$ 496

20.000 km

R$ 772

30.000 km

R$ 496

40.000 km

R$ 1.158

50.000 km

R$ 496

60.000 km

R$ 772

Peugeot 408 2018 – ficha técnica

Motor

1.6 THP

Tipo

Dianteiro, Transversal, Etanol e Gasolina

Número de cilindros

4 em linha

Cilindrada em cm3

1598

Válvulas

16

Taxa de compressão

10,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 166 cv @ 6000 rpm / Etanol: 173 cv @ 6000 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 24,5 kgfm @ 1400 rpm / Etanol: 24,5 kgfm @ 1400 rpm

Transmissão

Tipo

Automática 6 marchas

Tração

Tipo

Dianteira

Freios

Tipo

Disco ventilado / Disco

Direção

Tipo

Eletro-hidráulica

Suspensão

Dianteira

McPherson, barra estabilizadora

Traseira

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Liga leve aro 16 polegadas

Pneus

205/55 R16

Dimensões

Comprimento total (mm)

4681

Largura sem retrovisores (mm)

1815

Altura (mm)

1514

Distância entre os eixos (mm)

2710

Capacidades

Porta-malas (litros)

526

Tanque (litros)

60

Carga útil (kg)

ND

Peso em ordem de marcha (kg)

1415

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,308

Peugeot 408 2018 – fotos

4.0

COMPARTILHAR:

Quem somos

O Fotocampus é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

здесь

www.4football.com.ua/c115_116-Futzalki_Nike

http://dxtranss.com.ua