Mercado Mitsubishi Nissan SUVs

Mitsubishi Outlander 2021: próxima geração deve ser baseada no Nissan X-Trail

Mitsubishi-Outlander-PHEV-2019-3-1024x576

A união entre Renault-Nissan e Mitsubishi deve criar uma nova onda de sinergia entre as marcas envolvidas. Os produtos da última devem sofrer muitas mudanças com a nova política para reduzir custos, capitaneada por Carlos Ghosn. Um desses modelos deverá ser o Outlander, o atual crossover de porte médio do fabricante dos três diamantes.


Ele é um dos produtos mais importantes da Mitsubishi e atualmente é fabricado no Japão, China, Malásia e Rússia. No entanto, para cortar gastos, o modelo deverá ser baseado na próxima geração do Nissan X-Trail, também chamado Rogue. Este utiliza atualmente a plataforma modular CMF e também é feito na Rússia e no Japão.

O X-Trail atual foi lançado em 2013 e deve alcançar a geração seguinte por volta da mesma época em que será necessário trocar o Mitsubishi Outlander. Naturalmente, um não deverá ser a cópia do outro, mas deverão utilizar muitas partes em comum para poupar despesas e facilitar a produção na mesma linha.

Nissan-X-Trail-2018-1-1024x699


Também se comenta que o porte não deve ir além do que já apresenta, a fim de não se aproximar e eventualmente concorrer com o Nissan Murano. Comenta-se que chegará em 2021 já com a propulsão híbrida plug-in como destaque. O Outlander Sport, que é chamado assim nos EUA, mas não passa do ASX (RVR no Japão), deve ser integrado ao irmão maior, algo que hoje não existe. Possivelmente, ambos se converterão no mesmo carro, mas com duas carrocerias diferentes, como Tiguan e Tiguan Allspace, por exemplo.

No caso do Eclipse Cross, nem bem chegou e as fontes já comentam que o crossover deverá ficar que o atual e compartilhar muita coisa com o Nissan Kicks, assumindo assim um porte na casa dos 4,30 m. Dessa forma, a Mitsubishi conseguiria evitar uma sobreposição de produtos, como ocorre hoje com ASX e Eclipse Cross, que são muito próximos.

A estrutura descrita acima conseguiria individualizar mais o trio de utilitários esportivos, concentrando assim melhor as vendas. No caso do Pajero Full, a situação ainda é incerta, embora a marca tenha prometido um sucessor por volta de 2020, porém, até o momento não se sabe de qualquer movimentação nesse sentido. O carro segue sendo o mesmo desde 2006… Já o Pajero Sport e evidentemente a Triton Sport, provavelmente se unirão às próximas Nissan Pathfinder/Terra e Frontier.

Como se trata de um segmento que o DNA da Mitsubishi é forte, pode ser que seja o último degrau da sinergia dentro da Renault-Nissan-Mitsubishi. Só não sabe se ainda como se dará isso no Brasil, pois a representante da marca japonesa é o grupo HPE e a Renault-Nissan tem fábrica de picapes na Argentina.

[Fonte: ]

COMPARTILHAR:
  • Razzo

    O mais importante é garantir a retirada do defasado câmbio INVECS III da Mitsubishi de circulação. E a Nissan tem ótimas alternativas à este câmbio, com o Jatco CVT7 W/R D-STEP.

    • José Castro Neto

      Se não estiver enganado a Outlander atual usa CVT, nada do que falou.

      • Razzo

        Quanta ignorância, INVECS III é um CVT.

      • Gabriel Camilo

        Cara, dei uma olhada no site da Mit aqui, a Outlander GT 3.0 V6 e a diesel 2.2 usam a transmissão INVECS-II 6A/T-S, uma automática convencional certamente mais antiga ainda! mas eu gostei dela, já dirigi um 2.2. Já o 2.0 usa a INVECS-III CVT, o mesmo conjunto do ASX, esse sim eu achei lerdo! Precisam mudar mesmo.

  • HelderV6

    Ainda existe Mitsubish ? Qual propósito em viver de carros rebatizados ?

  • Mauro Banqueiro

    De repente todo mitsubishi terá câmbio xtronic. Detesto isso…

  • Lucas

    Carro ridículo, presta só na versão a diesel que custa absurdos 180 mil reais! A V6 com apenas 240 cavalos sequer deveria existir com esse motor jurássico e beberrão e a 2.0 que anda menos que celta carregado é uma ofensa aos consumidores.

Quem somos

O Fotocampus é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email