Matérias NA Segurança

Airbag só funciona com o cinto de segurança acionado?

Airbag só funciona com o cinto de segurança acionado?

Para a alegria dos consumidores brasileiros, os deixaram de ser ofertados como opcionais há quatro anos. Tudo bem que este importante equipamento de segurança passou a ser disponibilizado como item de série após uma obrigatoriedade do governo local – senão, é capaz que ainda teríamos modelos como Fiat Mille e Volkswagen Kombi figurando entre os modelos 0 km disponíveis no mercado. Porém a verdade é que esse recurso faz a total diferença e pode ajudar a salvar vidas num acidente grave. Por outro lado, você deve fazer a sua parte para que os airbags cumpram a sua real função durante uma colisão.


Se engana quem acha que só porque um carro é equipado com airbags frontais e laterais, por exemplo, a pessoa irá se sair ilesa do veículo após um impacto. Isso é um conjunto de uma série de fatores, como a proporção da colisão, a resistência estrutural do veículo e uma série de outros quesitos. Entre eles, o fato de o motorista estar usando o cinto de segurança, que também é outro importantíssimo recurso de segurança e que é um dos primeiros itens que te ajudam nessas situações.

Como funcionam os airbags?

Antes de tudo, vamos a uma breve explicação sobre o funcionamento dos airbags. Esse equipamento é composto por uma série de equipamentos, como a própria bolsa de ar, insuflador, módulo e uma série de sensores, capazes de medir a pressão aplicada nos freios durante a frenagem, a velocidade das rodas e as condições dos ocupantes nos assentos. Esses sensores enviam sinais para a unidade de controle do airbag, que em analisa as informações e, a partir daí, promove algumas ações, como travar automaticamente as portas do veículo e também os cintos de segurança, afora acionar ou não o airbag do motorista, do passageiro e/ou os laterais para também os demais ocupantes.

Em caso do acionamento do airbag, os sensores emitem uma informação ao gerador de gás do insuflador. Com isso, substâncias como nitratos de amônio e guanidina reagem e explodem o airbag instantaneamente. A capa (feita de um plástico especial de 2 a 3 mm de espessura e pequenos sulcos de 5 mm, que asseguram o rompimento do material nos locais desejados e sem atingir os ocupantes) se abre em diversas partes a partir do centro. Toda a operação de inflar a bolsa dura somente 30 milésimos de segundo.


No entanto, ainda não é neste momento que o airbag está pronto para “receber” o corpo do ocupante. Ele começa a se esvaziar por meio de furos posicionados nas laterais ou na traseira da bolsa e aí já pode absorver o impacto da pessoa. Caso o ocupante se chocasse com o airbag de imediato, ele poderia ter a mesma sensação de colidir com o próprio painel do carro – algo nada interessante neste caso.

Airbag só funciona com o cinto de segurança acionado?

Eu preciso estar com o cinto de segurança para que os airbags funcionem?

Eis o grande dilema desta matéria. Os airbags são um complemento do cinto de segurança para diminuir os riscos numa colisão. Somente o cinto consegue contribuir em grande parte dos acidentes. Sendo assim, você deve estar sempre com o cinto de segurança para que não haja problemas numa colisão e a situação fique ainda pior com a deflagração dos airbags. No entanto, para responder a pergunta, os airbags funcionam sempre, mesmo sem o ocupante do carro estar com o cinto de segurança.

Imagina você conduzindo um automóvel a 100 km/h, se depara com uma possível colisão e inicia o processo de frenagem. Entretanto, ainda assim não foi possível evitar o acidente, acaba se envolvendo num impacto e os airbags são acionados com você e os outros ocupantes sem o cinto de segurança. No mesmo instante vocês serão praticamente “jogados contra” os airbags e possivelmente para fora do carro. Para se ter uma ideia, os airbags são acionados numa velocidade de cerca de 300 km/h.

De acordo com dados, as chances de sobrevivência utilizando o cinto de segurança e com a ativação dos airbags numa colisão é de mais de 50 por cento. Entretanto, somente com o airbag, este número cai para cerca de 12 por cento.

É importante ainda que os ocupantes do banco de trás também estejam munidos de cinto de segurança numa viagem ou até mesmo num passeio no dia a dia – no Brasil é bastante comum somente os ocupantes dos bancos da frente utilizarem o equipamento. Caso contrário, num acidente com os passageiros de trás sem cinto, eles serão projetados para a frente da cabine, pressionando o motorista e o passageiro dianteiro contra o cinto e os airbags, agravando ainda mais as lesões para todos eles.

Como não se machucar com os airbags numa colisão?

Além de utilizar o cinto de segurança, há outras boas dicas para que o motorista e demais ocupantes do veículo não se machuquem com os airbags numa colisão. Sim, embora contribuam bastante para diminuir as lesões num impacto, esses dispositivos podem causar o efeito contrário.

A primeira delas é se posicionar de maneira adequada. O motorista, por exemplo, deve conduzir o veículo a uma distância média de 25 centímetros do volante para garantir a proteção correta do airbag uma possível colisão. As mãos devem ficar na posição “dez para as duas” conforme os ponteiros do relógio, ao passo que os braços não podem ficar totalmente esticados.

Já o passageiro da frente deve estar a pelo menos 40 centímetros de distância do painel, com o encosto do banco levemente inclinado. Além disso, nada de colocar os pés sobre o painel – o airbag poderá até mesmo quebrar as pernas do passageiro numa colisão.

Airbag só funciona com o cinto de segurança acionado?

É necessária a troca do airbag após um acidente?

A resposta é sim! Caso você se envolva num acidente que provocou a deflagração dos airbags, todo o sistema (o que inclui volante, painéis, bolsas, módulo, cabos, chicotes, entre outros) deverá ser substituído. Neste caso, nada de adquirir peças paralelas: não brinque com a segurança e opte pelos dispositivos originais de fábrica.

Já se você não envolveu num acidente, o sistema de airbags deve ser substituído a cada 10 anos, conforme o recomendado pelas fabricantes. Porém, ainda assim uma das dicas é ficar atento à luz de aviso do airbag no painel de instrumentos, que ficará acesa caso o recurso esteja com alguma anomalia.

Airbag só funciona com o cinto de segurança acionado?
Nota média 5 de 1 votos

COMPARTILHE
WhatsApp
  • Louis

    Será que alguém substitui os air-bags por tempo?
    E mais, tem muito carro batido que o dono não coloca mais air-bag, só troca a capa do compartimento e passa o carro pra frente, e o novo dono acha que está protegido….

    • Matuska

      Mas aí a luz do Airbag fica acessa (ou nao acenderá nem na partida, indicando o sistema desativado).

      • Louis

        Meu peugeot 206 velho acende a luz do air-bag no painel, e logo depois apaga. Detalhe, o carro não tem air-bags kkkkk

        • Matuska

          O pug do meu irmão faz o mesmo. Achei que tinham removido as bolsas rs. Pelo visto é padrão do modelo.

  • Henrique12

    Só existe um detalhe, eu encostei levemente meu carro em um ferro de calçada, acionou os airbags, destruiu meu painel e agora a autorizada me cobrou um rim para tocar o painel e as bolsas, enquanto meu para-choque mesmo só precisou de um retoque, vou mandar desligar, nada contra mais segurança nos carros, mas isso me saiu como um baita prejuízo e só.

    • Matuska

      Estranho pq em varios carros, so funcionam em velocidades acima de 15 km/h

    • Cássio

      Estranho isso. Mas vai da sua consciência repor para a sua segurança e a da sua família. E vai da sua consciência também dizer isso a quem for comprar seu carro.

    • 1 Raul

      Não vale a pena pagar a franquia?

    • Marcelo Alves

      Estranho isso, porque a desaceleração para acionar um airbag tem que ser bem forte. Sei que tem uns carros que possuem airbags de dois estágios (nos EUA) que podem ser acionados em baixas velocidades, mas aqui no BR a maioria deve ser de 1 estágio apenas, sendo somente acionados em desacelerações muito fortes. Um indicativo de que possa ter havido falha no sistema é, se caso o seu carro possua pré-tensionadores de acionamento mecânico (dos cintos de segurança dianteiros), ver se eles foram ativados, se sim, então a desaceleração foi forte o suficiente, senão a desaceleração não era suficiente para acionar os airbags assim não.

      Isso talvez seja até caso de entrar com processo, pois não é comum um airbag ser ativado nem se você cair com a roda em um bueiro sem tampa, passar em quebra-molas em alta velocidade, bater com a roda no meio fio ou em tartarugas, etc.. ele só é acionado caso o carro sofra uma parada muito brusca a ponto de ativar o sensor de desaceleração e de disparar os pré-tensionadores do cinto (os pré-tensionadores são disparados antes dos airbags, mesmo os que possuem acionamento mecânico onde o acionamento é feito exclusivamente pela desaceleração que a peça sofre no impacto, de forma totalmente independente da central eletrônica do airbag).

  • votonulo

    e quem usa oculos?

    • Samuh Vogetta S

      Minha duvida.

    • KOWALSKI

      Vai machucar. Lembro de um acidente, só que foi de moto, o cidadão acertou o rosto em cheio, o capacete fez bem seu papel. Agora o óculos com tamanha compressão rasgou a pele, literalmente cravou na cara do sujeito. Mas de carro conforme for não vai ter danos por causa do óculos, geralmente.

      • defotube .

        Já bati um carro, usando óculos e não tive nenhum problema. O carro em questão era uma freemont, os airbags se romperam, inclusive trincou o parabrisas no lado do passageiro, eu estava sozinho. Os danos, no meu carro foram na parte da frente, para o lado do passageiro, o outro veiculo cruzou a rua.
        Quando bati, já estava com o freio acionando, o que talvez prepare melhor o sistema.

    • Matuska


      Não tem nenhum problema, desde que respeite a distancia recomendada de 45 cm.

  • oloko

    Seria bom ter um aviso dizendo que se a pessoa não colocasse o cinto de segurança, o air bag não funcionaria, meio que obrigando as pessoas a usarem. Fora que tendo em vista o dano causado pelo air bag sem que a pessoa estivesse usando cinto, seria melhor se nem funcionasse quando o passageiro não estivesse com o cinto de segurança.

    • Fabio Marquez

      Já exista sistema de desativação do air bag do passageiro em caso de ausência dele, onde há sensores que detectam se há algum peso sobre o assento, diminuindo assim os danos em caso de colisão, barateando os custos de reparo, não sendo recomendável nesses modelos que o dono trasporte objetos sobre o assento. No assento do motorista não faria sentido aplicar, só aumentaria custos.

      • Marcos Pastori

        O New Fiesta mexicano, na versão de 7 airbags tinha este sistema.

      • Matuska

        São os Airbags SRP.

    • Matuska

      Airbags SRP funcionam apenas no assento que possui “pessoa”. O mais comum são os modelos SRS (sigla que significa Sistema de Restrição Suplementar – suplementar pois funciona em conjunto com o cinto de segurança).

  • Douglas

    O que acontece se o airbag acionar quando você está com óculos?

    • Marcos Vinicius Bittencourt

      Nunca mais vai precisar tirar o oculos para dormir.

    • Matuska

      Não há problema, desde que respeite a distância adequada da bolsa (45 cm).

Quem somos

O Fotocampus é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Предлагаем вам со скидкой ортопедический матрас купить по вашему желанию, недорого.
Наш нужный портал , он описывает в статьях про advanced cash отзывы.
Наш классный блог , он рассказывает про http://www.maxformer.com.